SURPRESA! *-*

Nós, da equipe do The Teen Writers queremos desejar a você um feliz aniversário! Por isto, preparamos uma singela surpresinha e esperamos que goste:

 

"Bom nós não nos conhecemos a muito tempo, mas me parece que você não gosta muito de ser lembrado no seu aniversário, até porque essa característica que você tem,eu admiro que é de ser tornar um camaleão perante o ambiente. Mas enfim, como pediram para escrever um texto bem bonitinho e me poupar do trabalho de editar, depois creio que você tenha texto mais bem estruturado que os outros. (Essa é a hora que você olha para o texto e sem saber o que dizer coloca ^^, coisa que eu nunca sei se é positivamente ou negativamente).

Olha, eu acho que não sou o cara certo para escrever relatos de feliz aniversário, até porque eu tenho certeza que os elogios agente tem que falar para a pessoa todo o dia, e não apenas no dia do aniversário ou no obituário de alguém, mas como eu acho muito divertido te deixar envergonhado vou escrever o que eu sempre escrevo de uma maneira mais melosa, lógico. 

É sempre bom conversar com você, me esclarece muita coisa, aprendo muita coisa, me divirto de muito, principalmente quando você me fala dos seus namoros em potencial e me confidencia que recusa as mais belas pinturas humanas por causa de um amor platônico.

Além disso, modéstia parte minha escrita melhorou muito depois que comecei a ler seus textos, porque (como ja disse várias vezes) eles são cheios de paixão,força,sentimento, coisa que todos nós escritores sabemos que é muito difícil hoje. 

Sinceramente, eu acho que mesmo que seja seu aniversário, nós é que ganhamos o presente de ter você como amigo, aquele que não julga, que escuta nos problemas, que esta sempre ali para ajudar, para dar conselhos, principalmente sobre a minha vida amorosa...então Chris... aproveita esse dia e todos os outros... porque você é muito especial para nós... foi um presente te conhecer e esta sendo um orgulho trabalhar com vc

Parabéns!"  - Bernardo.

 

 

Desenho da Chella

"Talvez precisemos de um empurrãozinho da vida pra conhecer pessoas e compartilhar experiências novas, por isso temos esse dia, o tão emocionante dia, que podemos parar para pensar e escrever o que sentimos. Um empurrãozinho nos trouxe aqui, no seu aniversário, pra eu poder te dizer...

Amigo, faz muito pouco tempo que Ninna Revoltada nos apresentou, mesmo sem nos conhecermos eu enfiei o meu nariz no seu livro, fui dando palpites e dividindo ideias, foi aí que percebemos o quanto temos em comum. De lá pra cá foi só risada, projetos grandes e sonhos de conquistarmos um lugar no mundo da literatura. Fomos dando apoio um ao outro e incentivando a continuar, criticando os textos, dando dicas, ensinando a mexer nos blog’s e rindo mais um pouco dos vídeos engraçados do You Tube.

Mas com todo esse convívio quase que profissional, fomos percebendo o quão importante é uma amizade e abrindo a mente para enxergar que é pura e verdadeira. Sou grata a Deus por me abençoar com amigos tão especiais e por meio dos nossos sonhos, colocar um na vida do outro.Desejo a você a sabedoria de recomeçar a cada ano, a ter novos sonhos e novas metas. Desejo a você que seus sonhos se tornem realidade.

Desejo a você as bênçãos dos céus para que seu caminho seja repleto de boas experiências e que você tenha força e fé para enfrentar os problemas e comemorar as conquistas.Eu estarei aqui no próximo ano, no próximo, no outro e muitos outros ainda apoiando e aplaudindo de pé a cada vitória.

Feliz aniversário, Chris!!!" - Chella.

 

"O que falar de você para você mesmo? ...

Chris, você é um anjinho que Deus me deu de presente, o qual agradeço todas as noites. Bom, sobre toda a importância da sua amizade e o quanto eu te amo já escrevi num "pequeno" texto no FB. Aqui eu quero apenas lhe desejar algumas coisinhas.

 Desejo-lhe, primeiramente, tudo de bom sempre e todos os dias, não só hoje. Desejo também que seus sonhos se realizem, à medida das suas conquistas e que sejam realizados da forma mais bonita; que sua vida seja guiada por Deus, que seu medo passe (e passa, porque é uma fase), que suas manhãs sejam irradiadas de alegria e suas noites abençoadas pelas mãos de Deus e de Nossa Senhora. Aliás, que sua vida inteira seja abençoada da forma citada antes. 

 Desejo ainda que tenha amigos verdadeiros. Poucos, mas verdadeiros. Que consiga uma vida digna, com conquistas e vitórias. E que a pessoa que for para ser sua, seja uma pessoa muito, mais muito abençoada e que o faça feliz como eu sei que você a fará. 

 Meu amiguinho (que péssimo hahah), muito obrigada por tudo! Saiba que eu estarei sempre aqui, tanto nas horas tristes como nas alegres. Continue sendo esse ser com uma alegria transbordante e cheio de dons (escritor, pianista, observador, sentimental, amigo, irmão, etc - esqueci tudo p****). Enfim, parabéns! 

Da sua querida escritora, Ninna Memminger. Ou, se preferir: Da sua dear writer and sister, Larissa. <3"

4 Paredes

"Esperar aqui em silêncio dentro de mim é angustiante demais para me considerar um escritor." – Christopher Duarte.

Ao olhar ao meu redor, vejo que estou preso em mim mesmo. Estou de frente para um piano e as notas estão vazias, sem harmonia e sem ligação entre elas. As cordas do piano estão me sufocando com os sons aterrorizantes que saltam de seu interior e chegam ao meu ouvido como doces mentiras. Nada que um leve beijo da verdade não cure, mas ainda insisto na mentira, pois ela aparenta ser o que me agrada mais. Por enquanto.

O Céu é límpido o bastante para da fresta da janela eu ver que fora de mim existe uma pessoa feliz e radiante. Falsa. Mas que todos ao seu redor já estão acostumados com seus belos sorrisos e sua forma simplória de transmitir alegria por onde quer que passe. E infelizmente isso vem se repetindo gradativamente, virou um hobbie se sentir bem, mesmo não estando, para fazer da vida dos que o cercam um “mar de alegrias”.

Entretanto, ainda continuo aqui dentro de mim, de frente para o piano que não soa belas melodias. Estou à procura de algo que possa saciar o que meu coração clama por paz, mas dessa paz o que ele deseja está em falta no que me agrada, preciso procurar em alguém esse conectivo para que eu possa me fazer radiante tanto por fora quanto por dentro. Conectivo que por anos vem sendo falho. Tantos anos de amor aos outros que esqueci de amar a mim mesmo e deixei a melodia dentro de mim aos poucos ir se acabando, fazendo de mim uma pessoa inteiramente incompleta.

Pretendo fugir de dentro de mim assim que possível, pois não consigo mais sozinho aturar essa carência que bate ao lado do meu coração e esses sentimentos que soam aos meus ouvidos como rejeição. Está tudo tão escuro e frio que a luz no final do túnel não me chama tanto atenção quanto à luz do teu olhar. Ainda fico pensando no que seria de mim se eu realmente parasse e ouvisse o que grita lá dentro. Desespero! Angústia! Solidão! Medo!

O dia nasce novamente, e as pessoas correm em direção a mim para sorrirem e darem gargalhadas estonteantes e sem tempo para terminar, visto que poucos são as que notam que seu interior anda meio abatido, incompleto, febril... Mas ainda sim continuo sorrindo... Até que...

Tudo deixa de ser belo, o piano te sufoca, a melodia é destruída e o seu interior pede ajuda. Sim, pede ajuda. E você simplesmente abre a porta do exterior e entra, deixando seu interior sozinho consigo mesmo. Trancando-o em 4 paredes e simplesmente DEIXANDO DE AMAR.

Boy Dreams of Writing.

Sim, eu ainda espero...

“Talvez a contraposição do amor seja o seu próprio lado oposto.” – Christopher Duarte.

Dias nublados nunca trouxeram poemas apaixonados para aqueles que acreditaram no pacto de amizade que o amor disponibilizara por meio de suas artimanhas ardilosas. Esperar pela pessoa amada ou simplesmente adquirir um amor, não é algo que se possa obter virando a esquina ou estalando os dedos esperando por um gênio da lâmpada, obtêm-se de muito mais tempo e dedicação. E por que após encontrar a “pessoa dos seus sonhos” esse relacionamento se define em dias, semanas, meses?

Certamente que a efemeridade foi à culpada de tudo isso! Na sua cabeça, é claro. A efemeridade não passou de uma desculpa disfarçada da sua falta de amor a si próprio ou falta de compromisso com o amor, e assim vice-versa. Não se queixando do dia a dia febril da angústia ou tentando interpretá-la de modo que sua vida antes dela fosse completamente normal. Tudo se define em capítulo, página e linha.

O relacionamento efêmero nada mais é que uma escolha má feita ou antecipada do que julgamos ser “No tempo certo”. Podemos culpar o parceiro(a) por não se dedicar tempo suficiente as nossas vontades, ou intervir dizendo-lhe que não fomos correspondidos da forma que “sempre sonhamos”. Sonhamos? Sim, sempre sonhamos com algo belo e lindo, que seja parecido com conto de fadas e que seu príncipe ou princesa seja uma pessoa igual às ilustres criaturas Hollywoodianas. Bobagem. Mantêm-se nesses aspectos e nos apegamos tanto ao que a mídia nos passa, que nos tornamos aptos a receber qualquer indivíduo em nossa vida de forma explícita. Ou seja, está explicado o porquê da efemeridade.

Particularmente já amei quem não me quis. Já desejei quem não me queria. Já chorei por quem não derramaria uma lágrima por mim. Já escrevi poemas imensos para alguém que nem se quer um dia conseguiria interpretá-lo com os mesmos sentimentos que o escrevi. Entretanto, já neguei quem me queria. Já esnobei quem me amava. Já ignorei quem chorou por mim. E rasguei pequenos poemas que recebi, pois para mim eles não significavam nada, visto que estavam cheios de sentimentos. Entendeu? Amor efêmero nada mais é que uma dádiva da angústia, pois eu simplesmente poderia escolher a pessoa certa e acabo escolhendo a que aos meus olhos me agrada mais. Assim dando lugar ao que um dia eu chamarei de passageiro, rápido demais, breve, fugaz...

Mas mesmo assim eu não culpo quem me trocou por uma pessoa 10 vezes pior que eu, aliás, você faria o mesmo! Pense, reflita. E se me perguntassem se eu trocaria uma pessoa com conteúdo por uma sem conteúdo e bela, a resposta automaticamente seria um SIM. Mas se me perguntasse se eu estaria satisfeito após alguns dias a resposta seria NÃO.

Estou sentado e vejo o dia nublado que não me traz inspiração alguma para escrever o que sinto. Mas sou perseverante. Sim, eu ainda espero...

Boy Dreams of Writing

Quanto tempo perdi

Eu poderia muito bem não ter perdido tanto tempo com pessoas que nunca me deram o valor que realmente eu mereço. Mas meu coração falou mais alto e as atitudes não foram as mais belas de se render lindos elogios. Correr atrás de alguém que não lhe quer nem por perto estava sendo uma nova etapa da minha vida. Particularmente eu estava odiando ser rejeitado, ou seja, minha razão estava querendo me alertar, "pare enquanto é tempo", mas o injusto coração só pensava em si mesmo.

Quantas vezes já não escrevi belos textos para homenagear o que meu coração dizia ser o melhor para mim, errado, ele nunca soube o que era o melhor para mim, só me colocou em confusão e situações constrangedoras que hoje eu parando para analizar percebi do que era capaz. Correr para alcançar alguém e nem conversar com a pessoa, apenas poder segui-la e ver ela caminhar perante ao sol do meio dia; um pouco obscessivo, não? Descobrir o endereço da pessoa amada e passar em frente umas quinze vezes para ver se tinha o sucesso de algumas dessas vezes ela sair; nunca saiu, perdi tempo e dinheiro, passagem de ônibus era necessária e a pessoa nem ao menos por acaso saiu, apenas consegui conhecer seu cachorro que ficava me espreitando pela varanda. Encarar a pessoa várias vezes, até deixá-la constrangida e nunca mais haver esse contato visual por conta dela estar com medo; decepcionante. Passar trote na pessoa amada e der de cara com ela na esquina na hora da realização do ato; acredite já aconteceu comigo. Fazer amizade com amigos próximos para se aproximar e conseguir um simples "oi" e não conseguir esse simples "oi"; frustrante. 

Então, noto que minha situação não foi uma das mais... digamos... "Bem sucedidas", mas a vida é assim mesmo, consegue nos derrubar, nos levantar, enfim, nos ensinar. Não me considero o primeiro da classe em relação à vida, estou sendo um aluno esforçado, procurando aprender com meus erros e acima de tudo a partir disso me valorizar pelo que sou como pessoa e pelos atributos que tenho a oferecer.

Mas juro que a noite antes de dormir ainda paro e penso se isso valeu a pena. Dou risada, viro para o lado, me cubro e digo bem baixinho com sorriso de orelha a orelha: Quanto tempo perdi...

Boy Dreams of Writing

My Life

 

Confesso que nunca quis aceitar aquela situação. Sorria para disfarçar meu estado emocional. Mas vê-la daquele jeito era de cortar o coração. Fiquei imóvel ao saber que ela apenas respirava por causa daquele tubo de oxigênio que trazia-lhe ar e mantinha-na viva. Mas nem sempre foi assim. 

 

Estou com saudade dos dias que ela riu comigo das brincadeiras idiotas que eu mesmo fazia. Eu era feliz. Sempre achava errado sentir-me bravo com alguma situação que ela julgava não estar certa. Afinal, ela sempre quis meu bem. Pena que minha pouca idade nunca pode ver isso como um bem e sempre como um ato de impedir que eu pudesse fazer qualquer coisa que me fizesse feliz. Não fui um exemplo de perfeição, mas diante das outras crianças eu era considerado um menino que toda mãe desejara. Calmo, não gostava de sair para lugar barulhentos, ajudava nos afazeres domésticos e era um cristão que mantinha sempre o vínculo com a igreja. Lembrando que foi ela que me apresentou a igreja.

 

Hoje não tenho mais aquele sorriso nos lábios que eu costumava ter. Sorrir para disfarçar essa dor é o que eu faço. Mas lembro muito bem que um dia antes de seu aniversário ouvi uma frase que nunca esperaria ouvir, principalmente dela, "Você já é o presente que Deus me deu". Fiquei feliz, pois diante dessa situação eu não esperava tamanha frase que me tocaria para o resto da vida. Digamos que ela nunca foi aquela pessoa que demonstrava tamanho afeto diante das minhas ações, era sempre mais reservada, mas eu sabia que estaria ali para me defender do que ela julgasse ameaçador, um "amor de mãe".

 

Estou sentindo saudades até hoje. Entendo o porque dizia que se um dia chegasse a partir dessa vida para outra, minha vida mudaria completamente. E mudou.

 

Talvez eu não tenha mais coragem de entrar no cemitério e ver aquele túmulo encoberto pela terra e flores que foram jogadas no dia de seu enterro. Chorei. Lágrimas eram migalhas perto do riacho que escorria de meus olhos. Mas até hoje me arrependo de uma só coisa. De nunca ter lhe dado um beijo no rosto quando estava naquele hospital. Creio que abraços e sorrisos estonteantes nunca foram o necessário.

 

Deus estava certo em me deixar aquele dia preso com ela naquele hospital, (mas outro dia continuo sobre esse assunto) me senti tão culpado por querer ir embora o mais rápido possível  para não sofrer mais.

 

Só Deus sabe como me senti quando meu padrinho pediu para mim dizer algumas palavras sobre o que ela significou em minha vida. Chorei mais ainda. Mas enfim consegui dizer: "Eu não considero ela para mim como uma AVÓ, mas sim como uma MÃE".

Boy Dreams of Writing

 

Para começo de conversa...

Há quem ainda ache que o mundo está repleto de amor, e que a maldade seja apenas um simples “PS” no fim da página. Mas infelizmente a dura realidade que encontramos hoje em dia, acaba ofuscando nossos olhos e nossas mentes acabam sendo manipuladas pela mídia, mostrando que realmente o mundo está perfeito do jeito que está.

Vemos tantos assassinatos e crimes na TV que acabou tornando-se normal uma criança pequena vir da sala dizendo: “Mamãe, vi na TV que um cara morreu”. E a mãe simplesmente continuar lavando a louça e dizer em alto tom: “O mundo de hoje em dia está perdido, meu filho”. Triste realidade.

Mas esse não é o foco desse espaço que foi criado. Após essa pequena introdução, deu para se notar que as pessoas necessitam mais do que nunca de entendimento para mudarem essa triste realidade que tem predominado sobre os dias atuais. Sonhar não custa nada, colocar os sonhos em prática está sendo um desafio, dizer que conseguiu realizar seu sonho é impossível. Mas segundo nosso querido Chapeleiro de Wonderland, interpretado por Johnny Deep: “Só será impossível, se você acreditar que é impossível”.

Sonhe, pense, faça, realize, alcance o desejado e assim conseguirá ser feliz nesse mundo onde uma palavra vira motivo de discórdia, e um livro com milhares delas é descartado na primeira lixeira, por falta de cultura o suficiente para entender que tinha em mãos uma viagem para um mundo maravilhoso e distante desse que consideram “Perfeito”.

Boy Dreams of Writing

Enquete

O Que acha dos textos do Boy Dreams of Writing?

Bons ^^ (0)

Total de votos: 11